YUJA WANG NY CITY, 2017

Navegue pelas diversas páginas

domingo, 25 de maio de 2008

A beleza na Arte

Em um telejornal a apresentadora ao despedir-se do público agradeceu
a determinado artista pela pintura exposta no cenário durante o programa.

Ela disse: " Agradecemos ao artista (...) pela sua obra (...) por ter
embelezado o nosso cenário no programa de hoje "

A obra não era bonita para tornar o cenário mais belo. Aparecia no centro do
quadro uma face de um homem com a boca aberta com a língua para fora , com uma
cara assustadora e várias outras formas espalhadas pelo quadro. Não era exatamente a pintura que alguém compraria e colocaria em sua sala de estar ou quarto de criança ,ou escritório.

Nem mesmo a apresentadora!

A frase da apresentadora tinha apenas a intenção de ser agradável, e o nome do artista imposto pela mídia.

Afinal existem elementos objetivos para se dizer que uma obra de arte é ou não bela?

domingo, 18 de maio de 2008

Vale a pena ser Artista?

Um amigo me disse que se seus filhos escolhessem
estudar música e ter a música como profissão, teriam dele
todo o apoio possível incluindo o apoio econômico.
Ou seja, se os filhos dele decidissem escolher a Arte como sua única
profissão ele ficaria feliz com isso.

Será que os demais pais pensam o mesmo?

Por que ser um artista?

Lembrando que ser artista
significa usar a linguagem da Arte para se expressar,
qualquer que seja, dentro da Arte ,a linguagem da arte escolhida
( pintura, desenho, escultura, moda , arquitetura, fotografia,
cinema, etc).

Parece bastante evidente que algumas linguagens da arte parecem ser
socialmente mais aceitas, no que se refere a um reconhecimento
profissional. Por exemplo, ninguém discute a segurança econômica de um arquiteto mas quanto a um músico isso parece ser bastante discutível e seu futuro econômico muito incerto.

Há também a diferença em ser um artista medíocre e um artista importante
do ponto de vista de sua formação cultural e profissional, sua consciência
ética e sua verdade.

Outro ponto ainda a discutir é a grande questão da profissão e o emprego no
mundo ( algo que está, do ponto de vista técnico, em extinção ).
Há ainda a questão da satisfação individual. Embora alguns creiam que
existam outras vidas, que voltarão a este mundo, a percepção é
que só temos uma vida, apenas uma chance de acertar nas nossas escolhas.

A vida plena e feliz e com alto grau de satisfação é o mais desejável.
Ainda que se possa ter muito dinheiro ou tantas outras coisas ao final
da vida, não ter nada que seja tão importante para se registrar,
não vale a pena.

Nenhum legado espiritual a sua geração ou aos demais seres humanos que viverão
nesse planeta não parece ser algo que deixará alguém feliz com si mesmo.


A obra de arte com seus signos, com elementos diversos dispostos
pelo artista levam-nos a indagações, respostas, nos inquietam,
tira-nos da estagnação. O artista por sua vez se sente aliviado
e recompensado por ter se esvaziado de seus sentimentos, pensamentos e
de suas crenças.


Um Artista:

AMY GRANT premiada com Grammys Awards e com o seu nome na calçada da fama em Hollywood, começou sua carreira
aos 17 anos e teve durante toda a sua vida uma única profissão: compositora
e intérprete das suas próprias canções e de canções feitas com outros
compositores e músicos.

A obra de um artista possue seus símbolos , a gramática própria da
linguagem da arte escolhida por ele e diante dela, ao ver a sua obra ou ouvir o som de sua música, por exemplo, devemos mostrar vontade
de decifrar o que nela foi colocado.

O Vídeo a seguir traz a canção "House of Love" que de modo subliminar trata dos conflitos, encontros e desencontros , o desafio de ter uma lar, uma família e como as vezes tudo pode ruir e acabar.

Veja e ouça , Amy Grant e Vicent Gil



sexta-feira, 16 de maio de 2008

A Arte é vasta

Algumas linguagens da Arte são mais imediatamente apropriadas
por todos nós mais do que outras. Por exemplo, quando pequenos
em brincadeiras e mesmo na escola, somos encorajados a desenhar,
modelar com argila. A música se faz presente no canto e a dança
parece acompanhar timidamente essas primeiras atividades. Esse
padrão ,não raro,acompanha-nos por toda a vida. A educação correta
como um guia que nos mostra aquilo que não nos apresenta de modo
à nossa experiência. Ir a um museu, assistir uma peça de teatro
mais complexa, discutir o roteiro e abordagens feitas através
de um filme. Falar sobre um poema a uma outra pessoa discutindo
sua mensagem é algo , aparentemente , como um passo adiante.

A maioria das pessoas permanecem no lugar comum. Felizes com uma
música de menor qualidade,sem atentar para a ideologia por trás
de uma determinada arquitetura ou a mensagem forte que é passada
em uma exposição fotográfica de ,por exemplo, SEBASTIÂO SALGADO.

Há muito mais na Arte para se ver,sentir e fazer uma reflexão
de modo a nos tornar melhores como seres humanos, dialogando
com homens e mulheres, ainda que silenciosamente, que viveram
antes de nós, em lugares distantes, com outros enfrentamentos
que não os nossos ou chocantemente como nós enfrentamos no nosso
tempo na curta experiência que é a vida humana.


Finalmente, estar aberto a novas experiências, travar novos
conhecimentos dentro da Arte, é começar a aprender coisas novas
e ter novas vivências que , certamente enriquecerão cada uma de
nossas curtas vidas. Ou não são curtas para se ver tanta coisa,
coisas boas claro.


Meu pai me disse recentemente, com seus noventa e cinco anos:
a vida é muito boa, nós é que não sabemos vivê-la.



quarta-feira, 14 de maio de 2008

Uma canção com uma grande mensagem

Comemorando o novo visual do Blog, contra todas as terríveis notícias de
violência contra as mulheres,uma mensagem de encorajamento em uma
grande interpretação de Christina
Aguilera:

The Voice Within





A Arte e os artistas sempre se ocupam em registrar,desvendar e expressar a alma e
as experiências femininas,seus sonhos,suas dores ,suas esperanças,sua força.

A Arte como criação coletiva

Uma obra de arte pode assumir tal
complexidade que a sua materialidade
será resultado da contribuição de muitos
seres humanos. Sem essa contribuição
que ultrapassa tempos,gerações,décadas
e as vezes séculos;que ultrapassa
espaços geográficos e rompe com culturas
fazendo que indivíduos que não nasceram
sob a influência de determinada linguagem
não poderiam vir a se expressar através
dela ou dessa expressão fossem portadores.

No vídeo a seguir uma pianista chinesa
executa o 3º movimento da Sonata ao Luar
de Ludwing Von Bethoven.


Assista o vídeo a seguir e reflita.

segunda-feira, 12 de maio de 2008

A boa música atravessa o tempo...

Pode parecer repetitivo
afirmar que o que é bom ,
o que possui qualidade,
permace, atravessa gerações e muitas pessoas
continuam com seus olhares e ouvidos em direção
aquilo que artísticamente foi produzido.

O que pode atrapalhar é quando certos setores
da mídia empurram goela abaixo um saudosismo
forçado.

Mas quando de forma natural,as pessoas
redescobrem certa peça musical, certa literatura,
certa obra fílmica, o que se vê é o
reconhecimento à originalidade, a verdade
do artista, ao seu talento.

Que tal uma canção composta por
uma dupla reconhecidamente
de talento?

É quase uma unanimidade a sua
beleza e personalidade que
permanece sendo uma das canções
mais regravadas e executadas
no mundo durante décadas.

Simon e Garfunkel


Uma apresentação ao vivo...



sábado, 10 de maio de 2008

Interpretação...faz toda a diferença!

O canto é voz humana substituindo um
instrumento musical capaz de tocar
uma linha melódica.

Melodia é,
a grosso modo, em uma canção,
a parte que que cantamos
(na canção "parabéns para você" é portanto
"parabéns para você,etc"...)

Canção
é a união de uma
letra (em forma de poesia geralmente)
com a melodia.
É poesia sendo ajustada
a melodia. Um bom exemplo é quando se
faz uma versão de uma canção para outro idioma.

Em tempo: é um erro na lingua portuguesa
referir-se a uma música cantada por alguém
como música. Artistas brasileiros frequentemente
cometem esse erro em entrevistas. Um dos que não
cometem esse erro é o rei Roberto Carlos.Ele
faz questão de dizer que tal canção é a mais
importante de toda a sua vida. Correto!

E daí? todo mundo não entende?
Sim, entende.

Mas para que bagunçar mais do que já está
bagunçado?

No inglês music é música sem palavras.Song
é canção,ou seja,como uma letra ( lyrics ).

Harmonia é,a grosso
modo,a sequência,o conjunto de acordes
que constituem o acompanhamento,
executados por algum ou vários instrumentos
harmônicos. Pode-se usar também vários
instrumentos melódicos executando
melodias previamente escritas para eles
no que chamamos de arranjo,como o nipe de metais
jazz ou nas big bands.

Se você não entendeu nada não se preocupe.
Seria ideal que você procurasse saber
essas coisas.

Distinguir esses elementos na
música ,além de interessante, é
de grande importância para quem
quer ouvir música sabendo ouvir
música.

Só assim você poderá dizer que
consegue ouvir e aproveitar de uma boa música.
Lembrando que música é só o som: a letra de
uma canção como uma historinha qualquer não
faz parte do tecnicamente chamamos de
linguagem da música.

E o que é a música?
A música é uma linguagem.
Uma das várias linguagens dentro da
grande linguagem da Arte.

Aí entra a interpretação.Um cantor ou cantora
que tem a capacidade e o talento de ter uma
performance com personalidade faz toda a
diferença:dá vida a canção que ouvimos e a cada
vez que a ouvimos.

É algo insubstituível

Para ilustrar essa conversa toda que tal
ver e ouvir Christina Aguillera que une
o jeito negro de cantar ( black music,soul,gospel)
com o pop.


sexta-feira, 9 de maio de 2008

Quanto vale uma obra de arte?

Essa é uma pergunta que muita gente faz não diretamente,podemos
assim dizer,mas quando ficam estupefatas ao descobrir que algo
que determinado artista fez foi vendido,por razões póstumas
principalmente,diga-se de passagem por tal e tal valor.

Uma cutucada nesse assunto vem pelo fato de uma foto em preto e
branco ter sido vendida em um leilão na Europa a um milionário
chinês.Uma foto da atual primeira dama francesa por parcos noventa
e oito mil reais.Apenas uma foto,de quando a bela moça
era uma modelo iniciante na carreira.

A fotografia é uma linguagem.
O fotógrafo artista compõe a sua foto
do mesmo modo que um pintor compõe
a sua pintura em uma tela.


E esse chinês o que achou na moça,hem?

Na foto Carla Bruni,
atual primeira dama francêsa,
quando ainda era modelo fotográfico.


sábado, 3 de maio de 2008

A Excelência na Arte

Alguém já disse que o ser humano é destinado
à excelência. Isto é notório em tudo o que
ele possa fazer. Às vezes parece fugir desse
caminho mas acaba retomando-o mais tarde.
Isso ocorre em todas as àreas da atuação
humana. Fazer melhor,aparar as arestas,
realizar algo com maior grau de complexidade.

Fazer o contrário,tomar outro caminho,
ter uma outra atitude parece algo anormal,
que contraria,aparentemente, a ordem natural
das coisas.

O vídeo abaixo serve como uma demonstração
desse fato. Trata-se de uma peça musical de
um compositor erudito com base no Hino
Nacional Brasileiro. E por sinal de grande
beleza e sensibilidade.

O que poderíamos
inferir ao ouvirmos tal composição musical?

As mudanças de andamento,expressão,enfim
passam a idéia das possíveis contradições
subjacentes a determinado período histórico
do país, lembrando que o autor dessa peça
musical é um europeu que observa de fora
os acontecimentos e as relações entre o
poder e o povo de uma forma que talvez nós
internamente não percebamos?

Finalmente, vale a pena lembrar que uma
obra de arte é para ser sentida e pensada.

Veja e ouça atentamente.

Grande Fantasia Triunfal sobre O Hino
Nacional Brasileiro


sexta-feira, 2 de maio de 2008

Como avaliar o grau de complexidade de uma linguagem artística?

As declarações do médico Antônio Dantas durante uma
entrevista dada a emissora de rádio BANDNEWS,gerou
uma enorme polêmica. Na verdade duas:uma que aparece
em primeiro plano que é a do preconceito,real (ou não)
e da qualidade artística de um tipo de música produzida a partir de
determinado instrumento dentro de uma cultura.

O Governador da Bahia,Jaques Wagner,o reitor da UFBA
e tantas outras pessoas,obviamente foram politicamente
corretas na acepção da palavra dizendo que,entre outras
coisas,que o sr Antônio Dantas surtou ao das tais declarações. Lembro entretanto de Eisten ao
afirmar certa vez que uma piada é maneira mais
fácil e mais dura de você de expressar uma opinião
contundente sobre certo assunto.Não esqueçamos que a
raiz disso tudo foi o péssimo,repito,desastroso
desempenho mostrado pelos ALUNOS
em um exame que avalia os ALUNOS e os cursos oferecidos pelas faculdades e universidades.Se eles tivessem se saído bem nada disso tinha ocorrido.

Por outro lado,o BERIMBAU,
para quem conhece pelo menos um pouco da história da
música e dos instrumentos,o tal BERIMBAU é um instrumento simples e não há como dizer ou afirmar o contrário.
Basta ver a defesa feita pelos próprios instrumentistas
de berimbau na reportagem cujo linlk aparece ao final
do meu texto(julgue você mesmo).O BERIMBAU
é simples e primitivo e aparece na história evolutiva dos
instrumentos de cordas lá atrás e ,claro,a sua origem pro
porcionou a evolução e o surgimento de outros instrumentos
de cordas mais complexos ,inclusive,claro na própria África.
Vale lembrar que há outros instrumentos musicais até mais
simples mas de importância dentro da arquitetura musical.

Quanto a inteligência,inteligência musical,estritamente,é
óbvio que é um instrumento que não exige ligações neurônicas
tantas quanto tocar um violino ou piano. Quem estuda ou estudou
música sabe disso,é claro e óbvio.Nada impede que um maestro
de uma importante orquestra tenha enormes dificuldades em tocar
um berimbau.Como qualquer instrumento requer aprendizado,treino,
aptidão e por último gosto,paixão pelo instrumento. E isso não é
preconceito,maneira fossilizada de ver as coisas ,é fato.
E afinal todos deveriam saber sobre a teoria das inteligências
múltiplas. Alguém pode er uma inteligência específica para
determinada coisa e não ter para outra. Todos somos assim.

Mas fica a questão pouco explorada que é a seguinte:
como valorizar,julgar,quantificar uma manifestação artística?
É algo tão somente subjetivo? que critérios ou elementos
objetivos podemos usar?

Lembro de uma aula que dei a algum tempo sobre esse assunto.
Volto a ele outra hora se vocês quiserem.


Berimbau ...instrumento complexo VÍDEO
















http://www.mundorecordnews.com.br/play/829531d2-a705-4280-8751-0af7177b465c

quinta-feira, 1 de maio de 2008

Ah!ah!ah!...Polêmica na UFBA...isso não é música

Rsrsrssr...O coordenador do Curso de Medicina
da Bahia,o médico Antônio Dantas da UFBA
entrevistado em um programa de rádio(BANDNEWS)
para dar explicações acerca do motivo pelo
qual os estudantes de medicina terem se saído
tão mal no exame das faculdades afirmou que
a razão se deve ao fato do estudante baiano
ser mais chegado à música, embora segundo ele,
instrumentos rítmicos por si só não
constituam exatamente algo que possa ser
chamado de música.

Disse ainda que baiano gosta de tocar berimbau
porque este só tem uma corda. Se tivesse duas
baiano não o tocaria, pois já seria uma cítara,
instrumento naturalmente mais complexo. (rs,rs,rs,rs).

Acusado de ser preconceitoso,
venhamos e convenhamos: depois de
seus 73 anos,quantos alunos
o Dr. Antônio Dantas já não viu cabulando as aulas,
tomando uma cerveginha e cantando canções de axé
nos barzinhos da vida, ao invés de se
prepararem decentemente para as provas?

Acho que soou mais como um desabafo que podemos
ter em qualquer situação até tomando alguém como
bode expiatório. Foi politicamente incorreto
mas e daí? a hipocrisia é preferível em um páis
de tantos descaminhos?


Quem é professor sabe que só há um caminho para
o sucesso estudantil:
dedicação e disciplina.

A reportagem você poderá rever diretamente no
link abaixo do texto.


Ainda em tempo:


Cá entre nós depois desse barulho todo, a única
coisa a ser feita é que os estudantes do curso
de medicina da UFBA
se saiam melhores nos exames
que avaliam os cursos e estudantes daqui
a um ano. Senão é melhor tocarem berimbau mesmo!

http://www.mundorecordnews.com.br/play/50d0f1c8-5d6d-4c63-83b3-60391568d3d8

COMPARTILHE ESSE POST!

AS MAIS VISTAS NO BLOG

AMADORES...quando vídeo e música se fundem

GALERIA DE ARTE

GALERIA DE ARTE
Retrato de mulher Artista Henrique Maciel BH/MG técnica Grafite sobre papel

Estamos cadastrados no BlogBlogs!

Marcadores