YUJA WANG NY CITY, 2017

Navegue pelas diversas páginas

quinta-feira, 24 de julho de 2008

"Erhu"

.
Pode parecer estranho o título dessa postagem. Porém eu explico.Há um tempo atrás em minha postagem intitulada " polêmica na UFBA...isso não é música", eu citava as declarações do médico e então coordenador do curso de medicina da UFBA dizendo que " baiano toca berimbau porque ele só tem uma única corda, se tivesse mais cordas, duas, três, já virava uma cítara e aí baiano não tocaria..." ( rs-rs-rs-rs )

Na época,afirmara eu, após toda a polêmica, do ponto de vista musical, descontadas o desconforto e a pouca delicadeza com a qual o referido doutor colocou as suas idéias - decorrente de uma pergunta feita por um jornalista,em um programa de rádio, da razão pela qual os estudantes do curso de medicina tinham se saído tão mal em uma avaliação governamental ( nota 2 em 10 )- que realmente o BERIMBAU, vilão da história junto com todos os baianos, seria realmente um instrumento bastante primitivo e portanto limitado.

Que não se compara nem de longe, por exemplo ao piano, o instrumento mais completo do universo musical. Disse também que um pianista de formação erudita encontraria, em princípio, dificuldades em tocar o tal berimbau. Exatamente pelo simples fato de que um instrumento musical pode ser primitivo e simples mas isso não significa que seja exatamente fácil tocá-lo.

E o título dessa postagem?

ERHU é o nome de um instrumento chinês, unicorda como o BERIMBAU, com aperfeiçoamentos mas da mesma família de intrumentos musicais de origem bastante remota.

Ambos de mesma origem porém levados para povos, regiões e culturas diferentes o ERHU recebeu aperfeiçoamentos técnicos que o BERIMBAU não se beneficiou.

Para comprovar tal fato basta observar-se a forma de ambos os instrumentos e prestar
atenção a cada elemento da estrutura e a função de cada um deles.

O BERIMBAU permaneceu com sua função apenas rítmica oferecendo a possibilidade dos cantores entoarem a melodia em apenas uma tonalidade enquanto o ERHU possui a função melódica.

Como instrumento não temperado o ERHU pode executar melodias em qualquer
escala musical, seja na música ocidental ou na própria música chinesa.

Seria absolutamente interessante ver esses dois instrumentos tocando juntos.O ERHU executando a melodia e o BERIMBAU a percussão.

Assista dois virtuoses, pai e filho, executando uma peça musical intitulada "HORSES" ( CAVALOS ). O jovem pianista chino-americano, LANG LANG e seu pai em Nova York em um encontro estupendo para amantes da boa música.


.

segunda-feira, 21 de julho de 2008

Destino: A Excelência

.


Trata-se, na verdade, de um assunto para grandes e demoradas discussões. Todo ser humano nasce potencialmente a ter uma vida, um destino, uma produção, um fazer muito maior do que o que recebe na sua cultura, no meio das pessoas de seu povo, no momento histórico que chega a esse mundo. A percepção desse fato não está relacionada a religião que cada um de nós venha a escolher, ideologia, grau de instrução, nível social.


Qualquer pessoa pode chegar a essa conclusão. Talvez essa seja a grande magia da vida, a grande razão. O que cada um fará de si mesmo apesar das dificuldades e até daquilo que nos favorece circunstancialmente. A arte nas suas várias e diferentes linguagens nos possibilita exercitar isso de forma palpável.


Através dela realizamos as nossas imaginações, devaneios, visões, verdadeiras ou não, boas ou más, excelentes ou decadentes.
Mas elas se materializam de certa forma diante de nós. Algumas se concretizam, outras permanecem apenas como idéias e visões mas já siginificam algo para a nossa experiência, para a nossa vida.


De uma forma ou de outra fica patente, sensível, que nós como seres humanos podemos modificar, refazer, criar, registrar a nossa presença. A excelência, a perfeição, o prazer, a felicidade, pode ou não ser vislumbrada, pode ou não ser alcançada.

A possibilidade é sempre apontada novamente por cada obra de Arte, por cada manifestação artística, obra prima ou não. O que vale é o mecanismo, é a possibilidade, aquilo que podemos fazer, é o sonho, a visão, a consciência, o registro, o espelho.


A Arte não é simples. Não é simples de ser produzida, não é simples de ser percebida, não é algo simples de ser entendido. Vale o desafio, o exercício. Para isso muitos transpõem distâncias, épocas, culturas, etinias.


ASSISTA O GRANDE E JOVEM PIANISTA LANG LANG TOCANDO NOTURNO DE CHOPIN. NÃO DEIXE DE CONFERIR NO LINK ABAIXO! http://br.youtube.com/watch?v=e0d1l91tGbI


Ou, se preferir, assista diretamente uma excepcional apresentação de Lang Lang no seu próprio país, a China.

Observe a busca pela excelência algo patente em todos os detalhes da apresentação.


domingo, 20 de julho de 2008

Recuperada obra de Pablo Picasso roubada em São Paulo

.

Obra roubada em São Paulo a um mês atrás, é finalmente recuperada. Guardada em um
sótão de um prédio onde um dos ladrões morava, foi finalmente recuperada pela
polícia. Diretor do museu diz que a obra não foi danificada e portanto está em
perfeito estado.

Mas a relação das pessoas com obras de arte reconhecidas e importantes quanto ao
registro da cultura humana universal ainda é ponto de discussão e polêmica.

O que fazer para levar a compreensão do que a Arte é as pessoas?

A apreensão do valor e significados da obra artística é algo passivo de ser
transmitido e ensinado as novas gerações e a todas as camadas sociais.


Nos vídeos abaixo, no primeiro, você saberá o que as pessoas mais pobres e com
menor condição econômica pensam sobre as pinturas e obras roubadas.

Nos vídeos seguintes você assiste a mais informações sobre o roubo e o trabalho da polícia em São Paulo quanto as investigações e recuperação das obras.

Apenas um desenho de Pablo Picasso foi recuperado das quatro obras levadas no último roubo.











terça-feira, 15 de julho de 2008

Talento... o que é na Arte?




Na foto Arthur Moreira Lima pianista brasileiro que aos nove anos já se apresentava com orquestras sinfônicas.
Tem se apresentado nas principais cidades do mundo tocando com as mais importantes orquestras internacionais.
Sem dúvida alguma um músico de raro talento.


Há algo que é perceptível na obra de Arte, sobre o qual as pessoas concordam quase sempre. Quando uma pintura, como obra artística,se destaca entre várias outras pinturas feitas por vários outros artistas alguém diz: é o talento do artista.

O mesmo acontece em relação a um filme extraordinário, uma escultura, uma canção, uma
peça teatral, uma obra arquitetônica, um desenho, uma literatura seja romance, poesia, etc. Há algo que misteriosamente possibilita que tal obra artística fuja
da mediocridade. Mediocridade do tema, da expressão ou da técnica.

Parece que há algo no autor da obra. Algo que antecede a própria obra. Algo que as
outras pessoas, mesmo artista que trabalham com a mesma linguagem não alcançam, ou pelo menos, não alcançam,não conseguem, o mesmo resultado tão facilmente.

Um dom? Muitos artistas reconhecem como algo nascido com eles, algo que faz parte de seu próprio ser, que possibilita que ele consiga tal desempenho. E isso é dado misteriosamente por Deus! É um dom de Deus. Assim reconhecem muitos artistas e a grande maioria das pessoas em todo o mundo e das mais diferentes religiões, independentemente da sua confissão ou escolha religiosa

Os não religiosos imediatamente torcem os seus narizes dizendo que não é assim,
que é apenas resultado do meio, da cultura a que estiveram ou estão expostos. Não há,segundo eles, nenhum Deus nem portanto dom algum. Recorrendo a ciência podemos inferir que sejam fatores biológicos, genéticos, etc , através de tendências e adaptações, o que mais houver.

Os dois finalmente parecem apontar para o mesmo ponto. Há um diferencial, algo que
faz parte do ser do artista que o faz , criar melhor, fazer melhor, materializar a
Arte de forma surpreendente.

Beethowen conheceu o piano, Mozart também. Bach conheceu apenas o cravo e o órgão.
Nasceram todos e viveram em lugares e em períodos que propiciaram o desenvolvimento
de sua musicalidade. Mas sem dúvida algo neles, algo inigualável, algo único, próprio
de seus próprios seres, fez deles o que foram e o que puderam expressar: esse mesmo ser através, no caso, da música que criaram. Poderia citar dezenas ou talvez centenas de exemplos.

Não se trata de um tema ou assunto a ser esgotado. Alguns nascem com capacidades
e inclinações para serem artistas. Podem jamais chegar a serem artistas. Outros com as mesmas características serão artistas e produzirão obras com tal excelência e magnitude que não passarão despercebidas e não serão esquecidas jamais.

Chamem do que quiserem mas é um fato como a força da gravidade. Nós a comprovamos pela nossa experiência mas não sabemos como funciona, quais os seus mecanismos, de fato, a própria ciência não consegue exatamente descrevê-la.

sexta-feira, 11 de julho de 2008

O que pode haver de novo



O mundo muda a cada minuto. A cada duas horas modificações importantes são
feitas em produtos de alta tecnologia. A sociedade, a língua de cada povo,
cada elemento cultural da sociedade humana são essencialmente dinâmicos e
sofrem mudanças constantes. É verdade que cada um deles no seu próprio
rítmo.

Essas mudanças podem ser positivas, que acrescentam valores e
resultados ou ,ao contrário, extremamente negativas. Ambas tendem a perder força
pela ação do tempo. Algumas mais rapidamente e outras aparentemente mais lentamente.
Mas sempre ocorre alguma mudança.

Na Arte não é diferente. Há acréscimos e mudanças verdadeiras e positivas e há
novidades que se revelam depois como experiências sem importância e significado.



O que possui maior qualidade e revela a enorme capacidade humana e sua busca pela
excelência se reconhece com o tempo, permanece de forma positiva no inconsciente
coletivo como uma verdadeira aquisição. Ainda que a sua compreensão demore ou
aconteça em outra época por outra geração e não aquela que a produziu. Como
exemplo as grandes e milenares pirâmides no Egito. Por razões distintas de sua
concepção e construção continuam mesmo em ruínas a fascinar todos nós.

sábado, 5 de julho de 2008

Novamente a polêmica : o valor de uma obra de Arte





















As pessoas ainda têm dificuldade em saber o que é uma obra de Arte.
Obra de Arte, Artesanato, excentricidade se misturam diante dos olhos das pessoas e elas não sabem facilmente o que dizer, dizer o que esses objetos são na verdade.

Uma outra coisa é quando certo objeto, certa coisa, recebe o "status" de obra de Arte.
As pessoas assustadas se perguntam: como pode ser? é isso realmente uma obra de Arte?
um trabalho de um artista?

Em um momento seguinte o espanto é por causa do valor da obra de arte: quanto custa
isso? Realmente custa isso? como pode custar tanto? Isso não parece muito caro?
Não é uma loucura pagar tanto por isso? O valor pedido por essa obra é justo?

Pois bem, depois da foto da atual primeira dama francesa que foi vendida a um rico
cidadão chinês há duas fotos de mulheres famosas dando o que falar. E uma certa
brasileira, verdadeiramente bela, mas de etnia nada brasileira, aparece registrada
em uma dessas fotografias.

Extrato da reportagem original:


Fotos de Gisele Buchem e Kate Moss nuas vão a leilão na Christie's . As fotos das duas modelos fazem parte de uma coleção que vai a leilão na Christie's de Nova Iorque no mês que vem. Gisele e Kate veja acima - foram fotografadas por Irving Penn.

Cada uma das fotos deve chegar a USD 30 mil ou USD 40 mil, diz o Daily Mail. A coleção pertence a Gert Elfering, um amante da fotografia do seculo 20.


Também serão leiloadas, entre outras, imagens de Brigitte Bardot, Lauren Hutton e quatro retratos psicodélicos dos Beatles, assinados pelo celebrado Richard Avedon. A expectativa é de que todo acervo a venda seja arrematado por até USD 6 milhões.


A Arte e comportamento


Outra coisa a pensar é que a obra de arte reflete aquilo que faz parte do inconsciente das pessoas que pertencem a uma cultura, a um povo, a uma nação.
Ou seja: você quer conhecer o que determinado grupo humano pensa, quais são seus valores, que questões permanecem sem respostas ou não tão claras nas mentes das
pessoas preste atenção a arte que elas produzem. Na nossa sociedade que questões
permanecem pouco resolvidas nas mentes das pessoas? a mulher, a nudez feminina
parece ser uma delas.

Nos povos primitivos essa não é uma questão problema ( eles certamente tem outras )mas na nossa cultura, no mundo chamado "civilizado" continua sendo uma contradição apesar do nosso conhecimento sobre as coisas a partir do que os vários ramos da ciência nos proporciona.

terça-feira, 1 de julho de 2008

A Arte não parece-nos tão clara

.
A vida é uma incógnita. Diante de cada ser humano o desafio além de sobreviver é
entender o que é a vida, qual o seu verdadeiro significado. Aliás, o significado
de cada experiência. Através da linguagem o ser humano dá nome a cada experiência,
a cada objeto, a cada ser, dá nome a si mesmo, aos semelhantes do ser humano.

A Arte como uma das linguagens desenvolvidas pelo ser humano através dos tempos é
mais uma ferramenta, mais um meio através do qual ele tenta descrever a si mesmo,
registrar as suas experiências, maximinizar cada uma delas, registrar cada uma delas,
deixar esses registros e experiências como legado, como herança as gerações que
chegam ao mundo depois dele mesmo. Porém, essa Arte, como linguagem, não é exatamente
clara, compreensível, entendida inteiramente por ele próprio, ele o homem, o ser
humano.

Confundida como simples exercício lúdico, como lazer puro e simples, ou como no passado humano, como materialização do sobrenatural, essa Arte, linguagem potencialmente misteriosa, interfere, influencia, direciona, constrói e destrói esse mesmo ser humano.

Se perguntarmos a uma pessoa o que é a Arte a resposta pode não ser tão clara. Pode ser que
a pessoa tenha apenas uma idéia distante do que a Arte seja e que impacto ela provoca nos
costumes, nas idéias, nas crenças, nos valores em uma sociedade.


Para tal basta observar-se a história humana para perceber o uso impactante
da Arte para o bem e para o mal,para construção e desenvolvimento ou para
aniquilação do ser humano e de seu semelhante.

.

COMPARTILHE ESSE POST!

AS MAIS VISTAS NO BLOG

AMADORES...quando vídeo e música se fundem

GALERIA DE ARTE

GALERIA DE ARTE
Retrato de mulher Artista Henrique Maciel BH/MG técnica Grafite sobre papel

Estamos cadastrados no BlogBlogs!

Marcadores