YUJA WANG NY CITY, 2017

Navegue pelas diversas páginas

terça-feira, 2 de abril de 2019

A CARICATURA

O desenho de retrato, como a pintura de retrato, tem constituído historicamente um importante meio de registro do nosso passado, revelando boa parte de nossos antepassados ou especialmente de homens e mulheres que tiveram impacto em nossa história, de nossos países, regiões, vilas e cidades.

Até a invenção da fotografia em meados do século XIX e do cinema ao final do mesmo período, o desenho e a pintura de retratos ( bem que a pintura depreende que um desenho seja feito para que dele seja pintado um retrato, paisagem ou natureza morta ), ao lado de imagens tridimensionais em argila, esculpidas, fundidas, seja como bustos, torsos e estátuas, tenham sido fontes de reconhecimento e de registro de pessoas do passado as vezes até distante.

No desenho, ao fazer um retrato de alguém ou de si mesmo ( auto retrato ) o desenhista tinha que olhar demorada e atentamente para o motivo, a pessoa a ser retratada e apreender quase que exatamente ou traduzir no traço o que era visto diante de si com a maior fidelidade e clareza, sendo esse um desafio mais ou menos ou melhor sucedido variando a sensibilidade e capacidade artística de cada desenhista ou pintor.

Após a invenção da fotografia e do cinema ( que também é fotografia ) há um acerta alienação ( oposta ao processo de desenho e de pintura realista )por ser esse processo ( o da fotografia e do cinema ) imediato, instantâneo ( aliás nome dado à fotografia no auge de seu desenvolvimento técnico ainda na era do filma, do acetato químico ). O retratista diferente do desenhista e do pintor, nome também dado ao fotógrafo antigamente, não necessita identificar traço por traço as características fisionômicas de uma fotografado.

A Caricatura é também um RETRATO. Um RETRATO feito por um desenhista, geralmente e a mão livre, embora hoje se use para tornar a tarefa mais ágil, tecnologia digital que aproveita uma simples fotografia  digital de qualidade.

Pode ser apenas feito com linhas, ou bem finalizado, com luz e sombra emprego, perspectiva e cor, esfumado, retículas, etc. Enquanto o retrato normal é sempre REALISTA, portanto totalmente fiel à pessoa retratada, a CARICATURA brinca e assumidamente exagera supostos "defeitos" que todo temos, de maneira a produzir finalmente de modo crasso um resultado decididamente jocosa.


Helvécio S. Pereira*

( * ) Graduado em Desenho, Plástica e História da Arte e Pedagogo


































































COMPARTILHE ESSE POST!

AS MAIS VISTAS NO BLOG

AMADORES...quando vídeo e música se fundem

GALERIA DE ARTE

GALERIA DE ARTE
Retrato de mulher Artista Henrique Maciel BH/MG técnica Grafite sobre papel

Estamos cadastrados no BlogBlogs!

Marcadores