YUJA WANG NY CITY, 2017

Navegue pelas diversas páginas

quinta-feira, 21 de abril de 2011

ARTE E RELIGIÃO ULTRAPASSANDO BARREIRAS E APROVEITANDO O PONTENCIAL DAS LINGUAGENS DA ARTE

A Religião ( independente qual seja e em que época se situe ) sempre lançou mão da Arte em suas várias linguagens, particularmente a da Arquitetura, Escultórica, Pictórica, da Música e a do Desenho em suas múltiplas aplicações para registrar, comunicar e materializar as suas crenças. No cristianismo seja católico-romano, ortodoxo-grego e protestante não foi e não é diferente. Ao contrário do que normalmente se pensa, o desenvolvimento das várias linguagens artísticas só foi possível com o financiamento e incentivo religioso em todo o mundo e em toda a história do mundo. 

É verdade que esse fomento sempre foi seletivo, apropriando e estimulando a linguagem mais conveniente a cada momento histórico. Por exemplo: o barroco como resultado da contra-reforma católica romana, apropriou-se e desenvolveu a arquitetura, a escultura, a pintura e menos a música que os seus rivais e cristãos protestantes que desenvolveram a música e a arquitetura levando-as a patamares notadamente importantes, apesar que deram outros rumos, pelos mesmos motivos à pintura representativa e registrativa. Veja um dos exemplos mais recentes no Brasil, produto de uma inicativa de uma denominação evangélica pentecostal:

História das Assembleias de Deus é retratada 

em quadrinhos

















Em junho, a Assembleia de Deus no Brasil completará cem anos. 

E a revista GeraçãoJC  não  poderia  ficar  de  fora  das  comemo
rações: a próxima edição trará  a história  do  centenário  ilustrada 
em quadrinhos!

Produzida pelo artista  gráfico Will Ferreira, e  pelo  roteirista  Lu
cas Ricardo, ambos de 27 anos, o trabalho  é  resultado  de  exten
sa pesquisa textual e iconográfica para  desenvolvimento de  cená
rios, personagens e roteirização.


Segundo Will, o maior desafio foi compreender  os  personagens:
”Fizemos uma pesquisa  bastante  ampla  com  a  colaboração  do 
Centro  de  Estudos  do  Movimento  Pentecostal   para   entender 
mos o comportamento e o temperamento dos dois missionários. O 
objetivo   era  atingir  o  máximo  de  fidelidade aos  personagens. 
Só então iniciamos o trabalho gráfico”.

Na  história, que  terá  como  título  Belém  Verde-Amarela, 
os leitores poderão ver, pelos olhos de Gunnar Vingren,  o 
impacto   causado  pelo   grande  desafio  missionário  pro
post o à jovem dupla de missionários suecos.

“Além de muita pequisa, esta obra foi fruto de muito suor e  
lágrimas aos pés do Senhor Jesus. Devemos a Ele toda a 
inspiração para concluir as páginas da HQ  do Centenário 
da AD  no  Brasil. Agradeço  à  editora  da  revista, Eveline 
Ventura, pela credibilidade  e  confiança  neste  projeto. A 
atuação  dela  foi  fundamental    para  o  bom   andamento 
de Belém Verde-Amarela;  do  planejamento  à execução”, 
conclui Lucas Ricardo.

Fonte: CPAD News

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O QUE ACHOU DESSE ASSUNTO?

COMPARTILHE ESSE POST!

"GALHOS SECOS" ( PARA A NOSSA ALEGRIA )

PROVA QUE BRASILEIRO MÉDIO GOSTA MESMO DE ESQUISITICES É QUE A VERSÃO ACIDENTAL E PATÉTICA DESSA CANÇÃO TEVE MAIS DE 16 MILHÕES DE ACESSOS( dados já completamente desatualizados ) E ESSA NÃO!

AS MAIS VISTAS NO BLOG

AMADORES...quando vídeo e música se fundem

GALERIA DE ARTE

GALERIA DE ARTE
Retrato de mulher Artista Henrique Maciel BH/MG técnica Grafite sobre papel

Estamos cadastrados no BlogBlogs!

Marcadores