YUJA WANG NY CITY, 2017

Navegue pelas diversas páginas

quarta-feira, 5 de julho de 2017

QUAL SERÁ O FUTURO DA MÚSICA? OU: COMO PODE E DEVA SER A NOSSA RELAÇÃO COM A MÚSICA? ATUALIZADO COM VÍDEOS QUE VÃO COMOVER VOCÊ!



Como toda invenção humana, a Música também passa por fazes bastantes previsíveis.

1) Descoberta ( que pode e deve ser compreendida como umas fascinação inicial e não como descoberta de algo pronto )

2) Organização – nessa fase são lançadas as bases de algo que se pretenda desenvolver;

3) Desenvolvimento – essa fase deve ser entendida como uma fase de aperfeiçoamento natural movida pelo deslumbramento de algo novo;

4) Esgotamento – essa fase é a mais longa e é caracterizada pela quase ausência de inovação.





M
as afinal em que a compreensão desse fenômeno melhoraria a nossa relação com a música atual e com o produto que a chamada indústria do entretenimento produz e nos impinge?




Sensacional,não?






O futuro da música se encontra na própria expansão do aprendizado teórico da música, domínio do canto e da execução instrumental, da composição, mas também da consciência do seu impacto social como um dos elementos moldadores de comportamentos e de valores.



Por diversos motivos e em diversas ocasiões históricas, sociedades através de regimes de governo mais diversas restringiram ou direcionaram a música no âmbito social impedindo que ela se tornasse um elemento socialmente pernicioso.

Isso ocorre ainda hoje em diversos níveis em sociedades politica, ideológica e religiosamente diversas.


A grande e milenar China, embora seja comunista, incentiva e propicia que seus músicos, muitos hoje entre os melhores do mundo, sem nenhuma restrição ideológica ou nacional, incorporem e executem as mais reconhecidas peças musicais universais, incentivando dessa maneira a sua população de quinze a trinta anos constituírem hoje um dos maiores públicos do que seja realmente boa música e música de valor.


Um menino, muito jovem toa um velho piano, mas ruas de Liverpool, em troca de doações mas não se entristeça com isso, ele pode aprender música de qualidade uma realidade bem diferente do que novas gerações brasileiras têm em escolas públicas.




A boa música acrescenta: sensibilidade, percepção, bom gosto,elevação.



E comprovadamente temos músicos de etnias e nacionalidades diversas, entre compositores e composições, regentes e plateias perfeitamente multinacionais e multiétnicas.






A persmissividade musical irresponsável comprovadamente não corrobora para o melhor desenvolvimento social. Na Coreia do Sul, uma democracia e uma sociedade capitalista em que boa parte do que se produz intelectualmente é fortalecido pelo viés econômico ou na Arábia Saudita com um governo atrelado a certo grau de teocracia, ou no Irã, ou na China uma república comunista, em Cuba ou ainda em vários países hoje em pleno século XXI.





Nesses países o ensino de música é fomentado e ensinado desde os níveis mais básicos da educação lançando bases para os que apresentarem interesse e aptidão em formação superior com músicos, cantores, regentes, arranjadores, compositores, críticos e produtores musicais, além de um público ouvinte de música mais exigente e capaz de usufruir da música o melhor que ela tenha e possa oferecer e proporcionar prazer e crescimento humano individual.






São vários os exemplos de que como uma formação musical não se perde com o tempo e nem diante das maiores dificuldades sociais, pessoais e econômicas.





E os exemplos de anônimos são notáveis nessas sociedades e países






Antigas canções sendo ainda aprendidas e tocadas por pessoas bem jovens e de países de culturas diversas das mesmas...



E não há idade ou condição especial para isso, desde que uma boa educação musical seja proporcionada.


Por Helvécio S. Pereira



VÁRIOS VÍDEOS:





Quando pianistas consagrados tocam nas ruas em meio as pessoas voluntaria e graciosamente



E há exemplos emocionantes a partir de uma boa e recomendável educação em música.



.

..mais:



...e mais:







...e mais:







... e mais:




... e nem eu escapei de uma experiência dessas... foi legal, pretendo fazer de novo de uma maneira mais planejada





E até Elton John dá uma canja em um local público em Londres...





-

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O QUE ACHOU DESSE ASSUNTO?

COMPARTILHE ESSE POST!

"GALHOS SECOS" ( PARA A NOSSA ALEGRIA )

PROVA QUE BRASILEIRO MÉDIO GOSTA MESMO DE ESQUISITICES É QUE A VERSÃO ACIDENTAL E PATÉTICA DESSA CANÇÃO TEVE MAIS DE 16 MILHÕES DE ACESSOS( dados já completamente desatualizados ) E ESSA NÃO!

AS MAIS VISTAS NO BLOG

AMADORES...quando vídeo e música se fundem

GALERIA DE ARTE

GALERIA DE ARTE
Retrato de mulher Artista Henrique Maciel BH/MG técnica Grafite sobre papel

Estamos cadastrados no BlogBlogs!

Marcadores